Bate-papos e Lives

QUINTA-FEIRA, 02 DE DEZEMBRO

20h – Live Satyros Entrevista (DançaMix) – Pri Magalhães entrevista Rivaldo Ferreira, da Cia Dentre Nós, para falar sobre a dança no cenário brasileiro e a programação do projeto DançaMix na Satyrianas 2021. (60 min – SP). Onde: Instagram @ossatyros. Livre. 

SEXTA-FEIRA, 03 DE DEZEMBRO

16h – A arte híbrida é o futuro? Aprendizados e reflexões para a cultura no pós-pandemia – A pandemia provocou transformações e acelerou futuros na sociedade – um mundo mais híbrido, com expansão da digitalização combinada com atividades presenciais, desponta como tendência para o mundo do trabalho e em vários setores da economia. Na área cultural, o fechamento de teatros, casas de shows, museus e cinemas forçou uma aceleração da transformação digital no setor, com artistas e produtores passando a ocupar o digital como espaço para criação, experimentação de linguagens, interação com o público e distribuição de produtos culturais. Quais os desafios e aprendizados com a digitalização da cultura até aqui e o que projetar para o pós-pandemia? A arte híbrida é o futuro? (60 min – SP). Realização: A Vida no Centro, por Denize Bacoccina e Clayton Melo. Onde: Facebook, Youtube e LinkedIn do A Vida no Centro. Livre.

Link: https://www.facebook.com/avidanocentro


18h – Live Satyros Entrevista (SatyriBichos) –  Bate-papo de Dani Moreno com Larissa Maluf, do Segunda Sem Carne (@segundasemcarne). Segunda-feira é mundialmente conhecido como o dia para mudanças, dia para tomarmos decisões, começarmos transformações e novidades. Que tal tentar algo que trará um enorme benefício para todos?! A Campanha Segunda Sem Carne se propõe a conscientizar as pessoas sobre os impactos que o uso de produtos de origem animal* para alimentação tem sobre  os animais, a sociedade, a saúde humana e  o planeta, convidando-as a descobrir novos sabores ao substituir a proteína animal pela vegetal pelo menos uma vez por semana. Existente em mais de 40 países, como nos Estados Unidos e no Reino Unido (onde é encabeçada pelo ex-Beatle Paul McCartney) e apoiada por inúmeros líderes internacionais, a campanha foi lançada no Brasil em outubro de 2009 e hoje conta com o apoio de governos, personalidades e empresas. Um dos desdobramentos da adesão ao movimento é a implementação da Alimentação Escolar Vegetariana presente desde 2011 nas escolas municipais de São Paulo, escolas os alunos da rede pública do município de São Paulo têm acesso à refeições 100% livres de produtos animais, trazendo grande impacto positivo. A fim de facilitar a adoção deste hábito, a Sociedade Vegetariana Brasileira (SVB) fornece em suas redes receitas saborosas, dicas de nutrição, notícias e informações qualificadas a respeito das razões éticas, ambientais e de saúde para passar essa ideia adiante. (60 min – SP). Onde: Instagram @ossatyros. Livre. 

SÁBADO, 04 DE DEZEMBRO

18h – “Sociedade e o autocuidado contra as IST’s” (Satyritrans) –  Live SP transvisão da SP Escola de Teatro convida Mirian Leitão e Jeniffer Alves  para falar sobre prevenção,  vamos debater sobre a importância da prevenção e a luta contra o HIV, falar dos medicamentos usados, preservativos e sua evolução na medicina, e outros assuntos relacionados. Mediação: Márcia Dailyn, Milena Wanzeller, Flávia Araújo e Ingrid Soares. Onde: YouTube.

Link: www.youtube.com/spescoladeteatro

22h – Bate-papo com a Cia do Martelo sobre a reestreia de “O Banheiro”, espetáculo musicado c/ temática LGBTQIA+ – O bate-papo vai apresentar a companhia, o espetáculo e as questões abordadas no mesmo, como os problemas enfrentados pela comunidade LGBTQIA+ no convívio social em espaços públicos. (50 min – SP). Participação: Brunno Dmitri (dramaturgo), Filipe Lima (diretor geral) e elenco. Mediação: Dan Ricca (diretor musical). Onde: Instagram. 18 anos.

Link: https://instagram.com/martelocompanhia?utm_medium=copy_link

DOMINGO, DIA 05 DE DEZEMBRO

16h30 – LIVE COM SANTUÁRIO VALE DA RAINHA (SatyriBichos) – Bate-papo de Dani Moreno e Julia Bobrow com o Santuário Vale da Rainha (@ahimsa.santuariovaledarainha) O Santuário Vale da Rainha sustenta o propósito de resgatar e conscientizar, unindo compaixão e consciência como duas asas que juntas possibilitam o voo que é o serviço. A jornada no Santuário Vale da Rainha começou em 2011 quando o casal Patrícia e Vitor decidiu sair da cidade e se reconectar com a natureza. Desde então, com o apoio de voluntários, realizam programas para contar histórias de Mestres Animais com a aspiração de conscientizar pessoas com o intuito de prevenir novas vítimas. Mestres denominados por nos ensinarem o perdão e amor incondicional. No local também ioga e meditação, ferramentas para desenvolvimento pessoal. Coisas não mudam. Pessoas mudam. Pessoas mudadas mudam o mundo. Local mágico localizado na zona rural de Camanducaia, o Santuário hoje abriga mais de cem Mestres Animais entre bois, porcos, cavalos, jumentos, cabras, ovelhas, aves, cães e gatos resgatados vítimas de maus tratos, promovendo um importante trabalho emocional abrangendo compaixão que alcança também humanos que somos. O Santuário é uma associação sem fins lucrativos, para custear as despesas que envolvem alimentação, tratamentos, instalações e manejo de Mestres Animais que ali vivem e eventualmente são resgatados. O santuário além da subsistência através de parcerias, vivências, aulas de ioga e meditação, com humildade aceita colaborações para promover vida digna a estes Mestres, que diariamente nos ensinam do amor e do perdão. Onde: Instagram @ossatyros. Livre.


18h – Live Satyros Entrevista (SatyriBlack) – Live-entrevista com a convidada Naína Ramos de Paula com o intuito de discutir e viabilizar pautas sobre o fazer artístico e a representatividade negra nos meios culturais e sociais. Naína é formada em Cinema pela PUC-RJ. Iniciou sua formação Audiovisual em 2005 no programa  para jovens de baixa renda da ONG Nós do Cinema (atual Cinema Nosso),após a conclusão do curso foi escolhida para estagiar na produtora da ONG como assistente de produção, integrando a equipe da Mostra Geração  do Festival do Rio em 2006. Estagiou na produtora Janeiro filmes como editora de vídeo e assistente de direção, de 2009 até o final de 2010 quando foi selecionada para o programa estagiar da Tv Globo na função de assistência de direção, sendo efetivada um ano após o estágio. Dez anos depois ela acumula em seu currículo 8 novelas, 4 séries e um programa de linha de show. No cinema trabalhou em curta-metragens como O Som do Gol (2009), Quenda (2009 – seleção Mostra Visões Periféricas) Apesar de acumular experiência nas áreas de roteiro e produção, foi na direção que Naína encontrou sua forma de se expressar. Como mulher negra no audiovisual, as questões em torno de cultura e identidade atravessam a sua produção há alguns anos, toda essa pesquisa resultou na direção do seu  primeiro longa metragem, o documentário  “Sobre Nós”, lançado em  Julho de 2021, e acaba de dirigir o especial Falas Negras desse ano. Onde: Instagram @ossatyros. Livre. 


Comments are closed.

Back to Top ↑
  • Twitter


  • Facebook