SatyriSom

DJS

Evelyn Cristina e Fábio Ock – Balaio Groove é festa itinerante, que já existe há 11 anos e se consolidou como encontro de resistência e celebração. Evelyn Cristina comanda a festa com sonoridades que vão além do entretenimento. Em uma interatividade rítmica, música e memória proporcionam o encontro de várias gerações onde dialogam ritmos afetivos com reflexes etnomusicais. Fábio Ock é diretor de TV, , diretor de teatro, DJ, músico, ator e sonoplasta. Os dois são DJs residentes da festa Gambiarra. Quando: Dom, 14/10 à 1h. Onde: Casa do Baixo Augusta. 16 anos.

GINO CHAMA MERAKI E ALVES – Apresentação de discotecagem e produção ao vivo de música eletrônica. House, Techno, Disco, Dance. (180 min). Integrantes: Gino. Quando: Sáb, 13/10 às 21h. Onde: Espaço Redimunho. 16 anos.

Miro Rizzo – Miro Rizzo é Dj residente da Gambiarra, festa que faz sucesso desde 2008 em SP e viaja por todo o Brasil. Quando: Sáb, 13/10 à 1h. Onde: Casa do Baixo Augusta. 16 anos.

Tutu Moraes – O DJ e pesquisador musical Tutu Moraes é hoje um dos nomes mais festejados e atuantes no efervescente cenário da música brasileira. Exímio pesquisador da música popular brasileira em suas diferentes vertentes e sonoridades, tem como uma das características principais em seus projetos garimpar a memória musical do Brasil, mas também apresentar novos nomes musicais e propor um crossover dos ritmos presentes na nossa cultura, que fica evidenciado na Festa do Santo Forte, sucesso de público, há 12 anos, e atualmente com residência mensal no Fabrique Club, na Barra Funda, em São Paulo, capital. Quando: Sex, 12/10 à 1h30. Onde: Casa do Baixo Augusta. 16 anos.

 

SHOWS

Aghata Saan – O caos urbano tropical transmutado em sonoridades graves e minimalistas te envolverá sinesteticamente à reflexões e movimentos. Nesse show Aghata Saan canta e discoteca suas composições em cima de bases digitais e futuristas de Dub, Dubstep e Steppa cheias de grave e mensagem conscientes. (45 min). Integrantes: Aghata Saan. Quando: Dom, 14/10 às 22h. Onde: Espaço Redimunho. Livre.

Ah, Amoral, amor all, Opera Perdida – Nossa proposta é uma pesquisa sonora sobre o cotidiano, o fonema, as sílabas, as palavras, seus significados múltiplos, a matemática musical e literária unidas, somadas as emoções e sensações até chegarmos a música, músicas de amor e diversidade, universal. Um som elétrico, plural e metamórfico! Integrantes: Gabriel Garcia, Felipe Moraes, Gui Padilha e Grid de Oliveira. (45 min). Quando: Dom, 14/10 às 20h. Onde: Espaço Redimunho. Livre.

AMOR – UMA APOTEOSE LÚDICA – AMOR – APOTEOSE LÚDICA é um show concebido e realizado para as crianças e pais. É um grande Sarau Musical, alegre,com letras de musicas compostas a partir de frases de crianças e jovens recolhidas no processo de montagem. Refrões fáceis, positivos e muita interatividade fazem desse show um acalanto. (60 min). Integrantes: Hugo Rodrigues, Karina Mércia, Thiago Cotta, Ingrid Oliveira, Gabriel Garcia, Ana Magalhães, Gaya Rachel. Quando: Sáb, 13/10 às 19h30. Onde: Tenda Borbulhas de Amor. 16 anos.

Ana Cañas – Cantora, compositora e atriz, já possui quatro álbuns lançados em estúdio (“Amor e Caos”, “Hein?”, “Volta” e “Tô Na Vida”) e inúmeras parcerias com artistas como Ney Matogrosso, Gilberto Gil, Nando Reis, Arnaldo Antunes e Dadi. Suas músicas já integraram as trilhas sonoras de algumas novelas. Quando: Sáb, 13/10 às 20h. Onde: Casa do Baixo Augusta. 16 anos.

Bolero Freak – Velhos conhecidos em torno da música, Daniel Lotoy e Renata Versolato (vozes), Renato Leite e Thor Moura (baixo), Evandro Ferreira (violão e guitarra) e Abner Paul (bateria e percussão) e Daniel Warschauer (Acordeon) se reuniram em para criar banda Bolero Freak. A Bolero Freak tem como proposta a mescla de estilos musicais, unindo a diversidade existente dentro da própria banda que possui integrantes com referências distintas.Na trilha da pesquisa musical, sempre pelo viés da mistura, a banda chegou ao Tropicalismo, movimento icônico na música brasileira que teve como uma de suas características mais profundas a incorporação de estilos (na época, o uso da guitarra elétrica foi uma das maiores referências nesse sentido) e o diálogo com outras formas de expressão artística, como a literatura e as artes plásticas. O interesse nessa forma de musicalidade foi tão profundo e tem influenciado a banda ao ponto de fazerem um projeto em homenagem ao movimento liderado por Caetano Veloso e Gilberto Gil. É o projeto Bolero Freak toca Tropicália ou Panis et Circencis. Quando: Dom, 14/10 às 20h. Onde: Casa do Baixo Augusta. 14 anos.

Bruno Mog – Bruno Mog lança esse ano seu primeiro CD que vem com influências do blues, rock nacional e MPB. (90 min). Quando: Sáb, 13/10 às 23h. Onde: Presidenta – Bar e Espaço Cultural. Livre.

Canto de Resistência – CANTO DE RESISTÊNCIA Renata peron traz o show “Canto de Resistência” traz essas pérolas da música popular brasileira que tanto contribuíram na luta pela democratização do Brasil, justamente no momento em que a nossa jovem e frágil democracia sofre o mais intenso de seus ataques. (60 min). Quando: Sáb, 13/10 às 22h. Onde: Espaço dos Parlapatões – Palco Bar. Livre.

Cecília, Clarice, Fernando e Federico – Poemas que guardam canções aSão poemas da Cecília Meirelles, Fernando Pessoa, Garcia Lorca e prosa da Clarice Lispector musicados para crianças reunidos em um show​ ​dirigido pelo Gustavo Kurlat que durante anos dirigiu a Palavra Cantada.​ (50 min). Quando: Sex, 12/10 às 12h. Onde: Satyros Um. Livre.

Fábrica de Animais – O Fabrica de Animais apresenta musicas de seus dois discos gravados pelo selo Baratos Afins. Rock autoral, popular e urbano. (60 min). Integrantes: Fernanda D Umbra, Sergio Arara, Flavio Vajmam, Renato Borgonovi, Paulo Akio. Quando: Sáb, 13/10 às 23h. Onde: Casa do Baixo Augusta. Livre.

Folclore e o Estado Terrorista – Miscigenação sonora de hip hop, rock, experimentalismo, lo-fi, funk, poesia, spoken words, afrobeat, alternativo, música concreta, colagens, regionalismo, entre outras referências que nos tocam e que são reproduzidas organicamente ou em loops, utilizando de instrumentos populares e elétricos. (53 min). Inteagrantes: Felipe Moraes e Gabriel Garcia. Quando: Dom, 14/10 às 18h. Onde: Espaço Redimunho. Livre.

Fuga Operária – Um projeto experimental de áudio e vídeo. Explorando as diferenças e buscando a unidade nas infinitas formas que se pode construir um corpo sonoro, a Fuga Operária constrói suas músicas utilizando instrumentos e máquinas sonoras, proporcionando uma mistura de ritmos que dificulta qualquer enquadramento a formas ou gêneros musicais específicos. Através da formação estrutural e estética do projeto, a dupla de operários tem como intuito a desconstrução de formas sonoras e visuais pré-concebidas, e para isso utiliza-se de percussão, live samplers, controlador MIDI, guitarra sintetizada, megafone, gaita, youtube, baixo e escaleta. Todos esses instrumentos são levados à uma interface de gravação e reprodução, construindo um alicerce para novas gravações e improvisos. O painel de colagens sonoras revela uma música psicodélica, brasileira e urbana. Da raiz ao haitech. Uma apresentação musical que utiliza a projeção mapeada como ferramenta de costura, intervindo durante o show e dialogando com o som. As imagens projetadas ambientalizam e iluminam a performance, mesclando texturas e vídeos documentais que são controlados pelos músicos operários. Formada por: Eduluz e Leandro Melque. Quando: Sex, 12/10 às 20h. Onde: Teatro de Arena Eugênio Kusnet – Sala Augusto Boal. 12 anos.

Marginal Gris – Noite Suja – Trata-se de RAP, Noite Suja é o nome do novo Ep de Marginal Gris. (30 min). Integrantes: Mc Duvine e Mc Mahin. Quando: Sex, 12/10 às 22h. Onde: Espaço dos Parlapatões – Palco Bar. 18 anos.

No Caminho do Samba – No Brasil, além do gênero musical mundialmente conhecido, Samba é sinônimo de festa, umbigada e música de matriz africana. Inspirados no repertório plural de gêneros populares acerca dos tambores, trazemos nossa roda de samba como um grande passeio pela cultura brasileira. (80min). Intérprete: Victória. Quando: Dom, 14/10 às 18h. Onde: Teatro da Companhia do Feijão. 12 anos.

O Amor é Público – Pagode dos anos 90, música pop atual e baladas amorosas para cantar em grupo. “Banda Fel”, com mais de três meses de carreira, experimentando reinventar e reinterpretar grandes sucessos da música, dos anos 90 até hoje. De “Iza”, a “Só pra contrariar”, passando por Djavan e Cássia Eller. (55 min). Integrantes: Felipe Campos, Luana Silva, André Tebet, Felipe Moraes. Quando: Qui, 11/10 às 22h. Onde: Espaço dos Parlapatões – Palco Bar. Livre.

Partiu – Partiu é um show curto e visceral, cheio de energia e amor, fã de Ramones, Blues, Beatles, Rolling Stones, de cantores como Bob Dylan, Joan Baez e Neil Young, Dom Orione faz questão de evidenciar suas influências ao vivo, pintando um quadro que apagada da memória a imagem do banquinho e violão. (45 min). Integrantes: Dom Orione. Quando: Sex, 12/10 às 19h30. Onde: Tenda Evidências. Livre.

Pedro Pastoriz – Artista gaúcho residente em São Paulo, Pedro Pastoriz começou seu trabalho solo como um trovador, cantando e tocando violão e instrumentos acústicos. Assim gravou “1”, gravado em único take na cabine da Third Man Records. Em 2016 montou a banda com influenciada por psicodelia, cinema francês, e música caribenha de elevador com Tim Bernardes (O Terno), André Vac (Grand Bazaar) e Arthur Decloedt (Música de Selvagem). Juntos lançaram “Projeções”, disco que rodou pelo circuito independente do Brasil e rendeu uma pequena tour na Europa. Pedro é também integrante da banda Mustache e os Apaches e participa do selo paulista RISCO (O Terno, Luiza Lian, Maria Beraldo, Jonas Sá, entre outros). Quando: Sex, 12/10 às 22h. Onde: Casa do Baixo Augusta. 14 anos.

PerformaDivas Musicais – Arte excêntrica autoral, urbana, tropical, árida e brasileira que difunde a música cantada e dançada, poesia, circo, performance e teatro com foco no sagrado universo profano feminino, no protagonismo mulherístico e na valorização e inovação da cultura tradicional latino brasileira. (60 min). Integrantes: Aline Machado, Camila Ferreira, Carolina Grancindo, Ingrid Alecrim, Maria Loverra, Pâmela Santos e André Mutton. Quando: Sex, 12/10 às 23h. Onde: Presidenta – Bar e Espaço Cultural. 14 anos.

Radiola DuB – Estilo música: Steppa, uma vertente da reggae music. Um reggae mais experimental, cheio de efeitos e graves sensoriais DUB, moderno e elegante. (80 min). Quando: Sáb, 13/10 às 19h. Onde: Espaço Redimunho.

Sons e Furyas em AMOR (convidado Marcelino Freire) – Sons e Furyas em AMOR combina interpretações musicais de canções autorais das compositoras Vanessa Bumagny e Helô Ribeiro com a leitura dramatizada de trechos do livro AMOR, do escritor André Sant Anna.O espetáculo tem tom irreverente e as músicas passeiam por diferentes estilos,do rock ao romântico. (75 min). Integrantes: André Sant Anna, Vanessa Bumagny, Helô Ribeiro, Zeca Loureiro, Henrique Alves, Rogério Bastos, Marcelino Freire. Quando: Qui, 11/10, às 20h30. Onde: Casa do Baixo Augusta. 16 anos.

Tio Che – Banda do ABC paulista, formada em 2001 em Santo André, região metropolitana de São Paulo. As músicas da banda abordam temas do cotidiano, com letras irônicas, irreverentes, sarcásticas, com riffs e refrãos marcantes que não saem da cabeça, trabalhando muito bem suas 3 guitarras. Com influências como Ramones, The Clash, Nirvana, Bad Religion, Camisa de Vênus, Queens Of the Stone Age, Raul Seixas, Guns N’ Roses, Mutantes e Jovem Guarda, a banda formada por Leandro Moreti (vocal e guitarra), Sergio Guizé (guitarra e vocal), André Gieswein (baixo e backing vocal), Nego Will (bateria) e Luthi Marques (guitarra), conquista cada vez mais a simpatia do público com milhares de seguidores na internet e em seus shows. Quando: Qui, 11/10 às 23h59. Onde: Casa do Baixo Augusta. 16 anos.

TRAVA – Um show-performance criado a partir de textos e músicas autorais e releituras de canções de Chico Buarque, Rômulo Fróes, Batatinha, Pedro Luís, entre outros. Um corpo travesti que após processos de destruição, de opressão e mudez assume o seu espaço de voz e canta e grita suas mazelas e prazeres. (60 min). Integrantes: Felipe Chacon, Breno Barros, Rodrigo Zanettini, Marina Matheus. Quando: Dom, 14/10 às 22h. Onde: Presidenta – Bar e Espaço Cultural. 14 anos.


Comments are closed.

Back to Top ↑
  • Twitter


  • Facebook