SatyriSom

SHOWS 

QUINTA-FEIRA, DIA 02 DE DEZEMBRO

22h – Banda Bolero Freak | RETOMADA PARLAPATÕES – Com seu ritmo e cores a Bolero Freak é um pouco do sarcasmo suingado de Caetano e Gil, da elegância nada sutil de Gal e Bethânia, da psicodelia performática dos Secos & Molhados, da “batida sarrada” do Axé e do Funk e da estranheza performática e provocativa da Bolero Freak. Voz: Daniel Lotoy e Renata Versolato; Bateria: Abner Paul; Baixo: Renato Leite e Thor Moura; Sanfona: Daniel Warschauer; Guitarra: Evandro Ferreira. Onde: Espaço dos Parlapatões

22h30 – Pocket Show Blues BR, de Lu Vitti – Um repertório de blues feito por compositores brasileiros, passando por Cazuza e artistas da música e cena underground de São Paulo. Repertório: BLUES DO ANO 2000, DOWN EM MIM, BLUES DA PIEDADE, PNEUMONIA, PERDEU PLAYBOY, TUDO SAGRADO, PONTO FRACO E AMIGOS DE COPO. (60 min – SP). Onde: Teatro Garagem. Livre.

23h30 – Vanessa Bumagny – Vanessa faz o último show do disco O Segundo Sexo e já adianta algumas canções de seu próximo álbum Cinema Apocalipse que será lançado em janeiro de 2022.  Parcerias com Chico César e Zeca Baleiro estarão no repertório dançante e romântico, divertido e instigante. Part. Esp. do escritor André Sant”Anna. (50 min – SP). Vanessa Bumagny: voz. Zeca Loureiro: guitarra e vocais. Henrique Alves: baixo. Rogério Bastos: bateria. Onde: Presidenta – Bar e Espaço Cultural. 14 anos

SEXTA-FEIRA, DIA 03 DE DEZEMBRO

10h – Umas – Baiano de Bom Jesus da Lapa começou sua carreira em 1995, quando veio para São Paulo. Tem mostrado sua arte em diversos festivais; Cruzília, Monte Sião, Alvinópolis. Foi contemplado como melhor letrista com a música ”Pariu de Dois” no festival MPB-Indaiatuba. (45 – BA). violão e voz: Dão Ferreira e Gaudiê Otero; Cajon: Yuri Gabira; Participação de Corroman em “Meus dias”. Onde: Youtube.

Link:

18h – Manifesto Humanológico – O Duo MÊtaBeat apresenta seu show Manifesto Humanológico. (30 min – PB). Beatmaker e Produtor: LaranjaBeat Poeta/Performer: Xandão Viajante. Onde: Instragram. Livre.

Link: https://www.instagram.com/metabeat083/

23h – Inquisição | RETOMADA PARLAPATÕES – Experimentando suas composições em formato voz e violão, Antevez Machado apresenta um olhar para o mundo a partir do interior de um ser desejante: amores e conflitos internos se entrelaçam na falta de fé no “eu”e sua capacidade de agir. (25 min – SP). Onde: Espaço Parlapatões (palco bar).

23h59 – Evento com duas bandas: Skipp is dead e Lucifer Kabra + discotecagem Lapa Beats – SKIPP IS DEAD: SKIPP é um músico amapaense e pirata espacial que explora o espaço sideral com seu Indie Rock carregado de Ritmos de sua terra natal e de linguagem eletrônica Chip Tune. Formação do show: Skipp – Guitarra e microfone Colinz – Guitarra e outro microfone Leon Sanchez – Synth e Sedução Marco Trintinalha – Bateria, whey protein e SPD. LUCIFER KABRA: Lucifer Kabra é criador de bandas do underground porto alegrense; Tomate Maravilha e Bambinos Selvagens, e em São Paulo com a Orquestra Demência e Xana Sangra. A antropofagia cinematográfica e a polifonia de gêneros músicas estão presentes nesse show que faz a prévia do disco KABRAOKE! que será lançado no início de 2022. Synt punk, tokusasto, synt pop, cinema de invenção da boca do lixo, movida madrileña, new wave, filmes de kung fu da shaw brothers, synt dub são algumas das influências das diversas cenas propostas no disco. Lucifer Kabra – Voz e guitarra. Gustavo Foppa – Guitarra. Leon Perez – Synts. Marcos Trintinalhia – Bateria. Bruna Aly – Voz e Rafinha – Baixo. LAPA BEATS: Lapa Beats nasceu em 2019 com a intenção de ser um e-commerce de beats, porém, o músico e produtor maranhense Dreg Araújo, sente a necessidade de apresentar suas músicas no palco e, resolve transformar essa ideia no seu projeto autoral, voltado pra cena de música eletrônica e, em 2021 lança seu primeiro álbum, “Combine”, disponível em todas as plataformas de streaming. Dreg Araújo – Músico, Produtor. (180 min – SP). Onde: Presidenta – Bar e Espaço Cultural. Livre.

SÁBADO, DIA 04 DE DEZEMBRO

15h – Bate-papo c/ o Coletivo Parque Sonoro – Música: manifestação, (des)construção e identidade – O bate-papo vai apresentar o Coletivo Parque Sonoro e mostrar um pouco do seu trabalho através de uma breve vídeo-performance. (30 min – SP). Direção: Cris Pires; Equipe: Alejandro Lopez, Cintia Campolina, Claudia Polastre, Cris Pires, Dan Ricca, Rodrigo Olivério e Zé Alves. Onde: Instagram. Livre.

Link: https://instagram.com/coletivoparquesonoro?utm_medium=copy_link

19h – Karla Ferdinanda & Lívia Andriolo | RETOMADA PARLAPATÕES – A proposta do projeto Karla Ferdinanda & Lívia Andriolo é levar música autoral, de forma leve, mas que também possa proporcionar positividade e elevação do pensamento e emoções através da música. (50 min – SP). Onde: Espaço dos Parlapatões (palco bar)

23h – Amanda Annunciato | RETOMADA PARLAPATÕES – Acústico solo – piano e violão – apresentação com covers e músicas autorais. Duração: 45 min. Onde: Espaço dos Parlapatões

23h59 – Baile do Cha – Onde clássicos e perolas da música se encontram em nome da memória afetiva e da diversão. Assim podemos começar a definir a experiência que o público tem a cada Baile do Cha. Show que o cantor, ator, compositor e criador da Música Preta Brasileira Teatral Cha Alberto (Andarilho) criou através de devaneios artísticos em meio ao isolamento social. Onde o novo normal pós- vacina mereceria um encontro descontraído nos reunindo para cantar, dançar a vida ao som de: Wando, Frenéticas, Rita Lee entre outros clássicos da música.  Tudo com clima de festa de família “mundo utópico”, “ sem brigas por política” ou “uva-passa na salada de maionese”.  Então quem colar nessa aventura vem preparado para corais improvisados, cantores de chuveiro e fazer clássicos passinhos. Celebração onde erros são acertos e a música é nossa cura. Acompanhando o front nessa viagem teremos o fabuloso pianista Luiz Viola. (60 min – SP). Voz Cha: Alberto (Andarillo). Teclado: Luiz Viola. Onde: Presidenta – Bar e Espaço Cultural. 16 anos.

DOMINGO, DIA 05 DE DEZEMBRO

14h – Show “Boneca Russa” – O show “Boneca Russa” da banda “vitruviana” traz elementos do pop/progressivo com pitadas de MPB. Passeia desde o questionamento sócio/político, análise introspectiva ou simplesmente celebração da vida, com arranjos e letras refinadas ao mesmo tempo radiofônicas. (60 min – SP). Onde: SP Escola de Teatro – Unidade Roosevelt – Sala Hilda Hilst (8º andar). Livre. 21h30 – Viagem a Paris – Homenageando a produção de grandes compositores desde Gabriel Fauré a Édith Piaf, convidando o espectador a viajar para Paris com canções que expressam e exaltam de forma singela, o cotidiano e o amor de uma forma atraente ao público. (30 min – SP). Onde: Espaço dos Satyros. 12 anos.


Comments are closed.

Back to Top ↑
  • Twitter


  • Facebook