Satyricine

Satyricine

 

A diversidade artística é a marca das SATYRIANAS, e foi este o mote da programação do SATYRICINE/2015, que há sete anos vem integrando a Sétima Arte a um dos maiores eventos culturais da América Latina.
curadoria Daniel Gaggini / MUK e Lorena Garrido

co-curadoria Lorena Garrido

Onde: SP Escola de Teatro – Sede Roosevelt

DOMINGO, 13 DE NOVEMBRO

Corujão de Terror: Vampiros, fantasmas, travestis, noviças, lua cheia, lendas urbanas, canibalismo, suspense, terror e, é claro, muito sangue estão presentes nesta grade, que é de arrepiar!!! – Classificação: 16 anos

01h – PEDAÇOS (17 min. – SP) –  Direção: Athanasios Kalogiannis. Elenco: Carol Pontes e Bruno Autran – Pedaços de um pesadelo invadem a mente de uma mulher, e ela não consegue mais distinguir o que é realidade e o que é sonho. Suspense.

01h20 – UM ESTRANHO NA PORTA (3 min. – SP) – Direção: Dante Vescio e Rodrigo Gasparini. Elenco: Ênio Gonçalves, Fernanda Gonçalves, Iná Carvalho e Wallace Stuani. – É noite de Halloween e, por trás de sua fantasia, a criança que aparentemente está ali para pegar doces esconde uma assustadora verdade. Terror.

01h25 – O DIABO MORA AQUI (80 min – SP) – Direção: Dante Vescio e Rodrigo Gasparini. Elenco: Felipe Frazão, Mariana Cortines, Pedro Caetano, Pedro Carvalho, Clara Verdier, Diego Goullart, Ivo Muller e Sidney Santiago. – Quatro jovens  decidem passar uma noite em um casarão colonial e acabam envolvidos em uma luta entre forças ancestrais. Eles terão que lutar por suas vidas em uma guerra em que não importa quem vença, eles perdem. Terror.

02h50 – A LOIRA DO BANHEIRO (3 min. – SP) – Direção: Dante Vescio e Rodrigo Gasparini. Dois garotos em detenção na escola discutem o jeito certo de invocar A Loira do Banheiro, uma antiga lenda urbana brasileira. Um deles tenta…e consegue. Terror.

03h – AS BODAS DO DIABO (12 min. – SP) –  Direção: Ivan Ribeiro. Elenco: Silvero Pereira, Bill Santos e Valter Bastos. – O ano é 2020. E o medo que vivemos em 2015 concretizou-se: foi instalada uma ditadura religiosa no Brasil. Mas há esperança! Com o objetivo de nos liberar, as travestis Shoshanna e Verônica partem em uma missão de alto risco. Suspense.

03h15 – ELISA ESTEVE AQUI (25 min. – SP) – Direção: Adriano Gomez. Elenco: Ana Clara Prado, Eduardo Marinho, Jadson Valeriano, Lucas Barbosa, Wesley Costa, Alder Ferreira, Vitor Claudio e Thyago Emanuel. – Você já ouviu falar sobre a Loira do Banheiro. Talvez até conheça alguém que já tenha visto. Mas há algo sobre ela que ninguém sabe. O filme traz a lenda urbana em uma perspectiva jamais vista. Afinal, não haverá um quê de verdade em cada conto? Terror.

03h45 – DAR CORPO (6 min. – SP) – Direção: Stefani Raquel. Elenco: Wallace Chagas e Stefani Raquel. – Um cozinheiro se utiliza de movimentos bruscos para cortar os alimentos advindos de conservas peculiares. Ao terminar, contempla o resultado. Terror.

03h55 – PRE-SENÇA (8 min – PR) – Direção: Guilherme Giublin. Elenco: Ciliane Vendruscolo, Bianca Slompo e Josiane de Macedo. – Baseado no conto de Sílvio Fiorini “Nunca é tarde, sempre é tarde”, o filme conta a história de uma secretária presa no mundo sem sentido do capitalismo contemporâneo e, em uma determinada manhã, ela consegue acordar. Terror.

04h10 – SUTURA (12 min. – SP) – Direção: Larissa Melo. Elenco: Sander Newton, Sandy Andrade, Filipi Rosendo, Laura Lavorato, Carlos Tousi e Dani Costa. – Ruan é um médico que, desde criança, sempre foi tímido. Mas, ao presenciar a morte de sua mãe, tudo muda e faz sua vida tomar um rumo meio diferente. Suspense.

04h25 – ALICE6:2-4 (11 min. – SP) – Direção: Fabio Rocha. Elenco: Julia Olivio, Deise Rodrigues e Alessandro Marba. – Noviça portadora de uma parafilia rara chamada “papirofagia” – que consiste em ter prazer sexual ao ingerir papel – sente atração patológica pelo único livro com o qual tem contato: a Bíblia. Experimental.

SEGUNDA FEIRA, 14 DE NOVEMBRO

Corujão Satyros na Tela: Uma das companhias teatrais mais atuantes e polêmicas da cidade de São Paulo é a protagonista desta grade, à frente e atrás das câmeras. Classificação: 16 anos

01h – HIPÓTESES PARA O AMOR E A VERDADE (80 min. – SP) – Direção: Rodolfo García Vazquez. Elenco: Ivam Cabral, Cléo de Páris, Phedra de Córdoba, Esther Antunes, Luiza Gottschalk, Paulinho Faria, Nany People, Fábio Penna e Léo Moreira Sá. – O filme é uma adaptação da peça teatral homônima encenada pelo grupo teatral Os Satyros. Foram entrevistados mais de 200 personagens da região central de São Paulo, incluindo residentes, prostitutas, traficantes, empresários, transexuais, michês, atores e músicos. Esses depoimentos foram o ponto de partida para construir a trajetória de onze personagens que se cruzam durante uma noite na cidade. Drama.

02h20 – FORA DE CENA (11 min. – SP) – Direção: Beatriz Souza. Elenco: Alex de Felix, Billy Eustáquio, Cléo de Páris, Cristian Silva, Daiane Brito, Diego Ribeiro, Eric Barros, Evandro Roque, Fabia Mirassos, Felipe Souza, Fernando Soares, Hugo Godinho, Janaina Arruda, Júlia Innocencio, Lenin Cattai, Lorena Garrido, Lucas Allmeida, Lucas Cavallaro, Michelle Gois, Marcelo Vinci, Rhafael de Oliveira, Silvio Eduardo, Stephane Sousa e Tom Garcia. – Documentário sobre a remontagem do espetáculo Justine, a partir da obra do Marquês de Sade, com direção de Rodolfo Garcia Vazquez, que estreou em março de 2016. Documentário.

02h40 – PHEDRA (13 min – SP) – Direção: Claudia Priscilla. Documentário sobre atriz Phedra de Córdoba, cubana e transexual que vive no centro de São Paulo. Documentário.

03h – OSSOS (13 min – SP) – Direção: Helena Ignez. Elenco: Amanda Freitas, Barbara Vida, Diogo Salvador, Helena Ignez, Honoro Felix, Leuise Furtado, Luciana Rodrigues, Maria Isabel, Maria Vitoria, Michell Barros, Michelle Gandolphi, Sara Sintique e Thales Luiz – Inspirado no “Ator” texto de TadeuszKantor, o filme é um happening cinematográfico, onde desnudar-se é um caminho para a liberdade e um sinal à vida.

04h10 – VILA VERDE (71 min. – SP) – Direção: Evaldo Mocarzel. Elenco: Ivam Cabral, Rodolfo Garcia Vazquez e outros. – Documentário sobre a instalação dramática “A Fauna”, que Os Satyros fizeram em 2008 na Vila Verde, na periferia da capital paranaense, durante o Festival de Teatro de Curitiba.  Documentário.

TERÇA FEIRA, 15 DE NOVEMBRO

Corujão da Diversidade: Diversidade, marca da nossa eterna diva, Phedra de Córdoba, marca presença nos filmes que compõem esta mostra. Classificação: 14 anos.

00h15 – OPEN SECRETS/SEGREDOS REVELADOS (52 min – Canadá) – Direção: José Torrealba – Este documentário provocador revela um capítulo perdido na história militar canadense: como as Forças Armadas lidavam com o comportamento homossexual entre os soldados, durante e após a Segunda Guerra Mundial. Baseado no livro CourtingHomosexuals in theMilitary (Paquerando Homosexuais nas Forças Armadas), de Paul Jackson. Documentário.

1h20 – OS SAPATOS DE ARISTEU (17 min – SP) – Direção: René Guerra. Elenco: Berta Zemel, Dayane Callegarega, Denise Weimberg, Divina Núbia, Evelyn Ligorki, Greta Star, Paulette Pink, Phedra De Córdoba e Renato Turnes. – O corpo de uma travesti morta é preparado por outras travestis para o velório. A família, após receber o corpo, decide enterrá-lo como homem. Uma procissão de travestis, então, se encaminha para o velório para dizer adeus. Os sapatos são calçados. A morte é apenas uma janela. Drama.

1h40 – PHEDRAS POR PHEDRA.DOC (70 min. – SP) – Direção: Vivi Marques. O documentário registra os ensaios e a apresentação do show Phedras por Phedra, realizado em 25 de março de 2016, no Teatro Oficina, reunindo grandes artistas e realizado com muito amor para Phedra De Córdoba. Documentário.

3h – VESTIDO DE LAERTE (13 min. –  SP) – Direção: Claudia Priscilla e Pedro Marques. Elenco: Coutinho, Kiko Goifman e Phedra De Córdoba. – Laerte percorre um longo caminho por São Paulo atrás de um certificado. Doc/Fic.

3h20 – SAI DESSA CAIXA! (14 min –  SP) – Direção: Luiz Roberto de Almeida. Elenco: Luiz Roberto de Almeida – O documentário apresenta três pessoas que se identificam com a identidade de gênero não-binária. Klaus, Lorenze e Herbe contam como é a relação com a família, os amigos, os colegas de trabalho e demais círculos sociais. Apesar do preconceito, as personagens falam de luta e da busca por respeito. Documentário.

3h40 – CUBA LIBRE (80 min – SP) – Direção: Evaldo Mocarzel. Elenco: Phedra De Córdoba – Phedra de Córdoba é uma atriz transexual, nascida em Cuba, mas exilada no Brasil há mais de cinco décadas. As razões de sua partida foram a incompatibilidade com o regime de Fidel Castro e a profunda transfobia vigente na ilha. Décadas depois, Phedra retorna a Cuba para descobrir as transformações do país, na época em que a filha de Fidel, Mariela, luta por uma maior aceitação de gays, lésbicas, transexuais e transgêneros. Documentário.

05h10 – MY PRAIRIE HOME/ MEU LAR NAS PRADARIAS  (74 min – Canadá) – Direção: Chelsea McMullan – Neste documentário-musical o cantor transindie RaeSpoon nos leva em uma viagem lúdica, meditativa e melancólica, às vezes. Com imagens majestosas das expansões infinitas das pradarias canadenses, o filme apresenta Spoon cantando sobre seu amadurecimento de gênero e musical. Entrevistas, performances e sequências musicais revelam processo de inspiração de Spoon de construir uma vida própria, como uma pessoa trans e como músico. Documentário.

 


Sobre o Autor



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Back to Top ↑
  • Twitter


  • Facebook