SatyriBichos

Projeto que evoca reflexão sobre a proteção animal, sob curadoria de Julia Bobrow, nesse ano trará 3 bate-papos com diferentes entidades de proteção e visão sobre a causa animal.

Onde: Instagram/Sympla

Link: https://www.instagram.com/ossatyros/ 

QUINTA-FEIRA, 03 DE DEZEMBRO

18h30 – LIVE SEGUNDA SEM CARNE

Bate papo de Nicole Puzzi com Larissa Maluf do Segunda Sem Carne

Segunda-feira é mundialmente conhecido como o dia para mudanças, dia para tomarmos decisões, começarmos transformações e novidades. Que tal tentar algo que trará um enorme benefício para todos?!

A Campanha Segunda Sem Carne se propõe a conscientizar as pessoas sobre os impactos que o uso de produtos de origem animal* para alimentação tem sobre  os animais, a sociedade, a saúde humana e  o planeta, convidando-as a descobrir novos sabores ao substituir a proteína animal pela vegetal pelo menos uma vez por semana.

Existente em mais de 40 países, como nos Estados Unidos e no Reino Unido (onde é encabeçada pelo ex-Beatle Paul McCartney) e apoiada por inúmeros líderes internacionais, a campanha foi lançada no Brasil em outubro de 2009 e hoje conta com o apoio de governos, personalidades e empresas.

Um dos desdobramentos da adesão ao movimento é a implementação da Alimentação Escolar Vegetariana presente desde 2011 nas escolas municipais de São Paulo, escolas os alunos da rede pública do município de São Paulo têm acesso à refeições 100% livres de produtos animais, trazendo grande impacto positivo.

A fim de facilitar a adoção deste hábito, a Sociedade Vegetariana Brasileira (SVB) fornece em suas redes receitas saborosas, dicas de nutrição, notícias e informações qualificadas a respeito das razões éticas, ambientais e de saúde para passar essa ideia adiante.

SEXTA-FEIRA, 04 DE DEZEMBRO

17h00 – LIVE CELEBRIDADE VIRA-LATA

Animalismo – uma escolha que salva tudo.

Julia Bobrow vai bater um papo com Luli Sarraf sobre adoção, manejo humanitário e veganismo como filosofia de vida e questão de saúde pública, meio ambiente e social.

A celebridade Vira-lata foi fundada em 2009 com o objetivo de atuar nas causas dos problemas que levam ao abandono de animais atuando com projetos, ações educativas e mutirões de castração que já atenderam mais de 11.100 animais carentes.

DOMINGO, 06 DE DEZEMBRO

19h00 –  LIVE SANTUÁRIO DE ELEFANTES BRASIL

Julia Bobrow bate um papo com Daniel Moura

Diretor e Biólogo Santuário de Elefantes Brasil.

A Associação Santuário de Elefantes Brasil (SEB) é uma organização da sociedade civil, sem fins lucrativos, que resgata elefantes cativos em situação de risco, oferecendo-lhe espaço, condições e cuidados necessários para que se recuperem, física e emocionalmente, dos anos passados em cativeiro.

O SEB é produto de uma colaboração entre a Associação de Elefantes Brasil (SEB) e outras duas renomadas organizações internacionais de defesa e estudo dos elefantes: Elephant Voices e Global Santuary for Elephants.

Tornou-se realidade em 2016, sendo o único Santuário para elefantes na América Latina, situado em uma ampla propriedade, na Chapada dos Guimarães, Mato Grosso, Brasil.

O Santuário não foi concebido, apenas, com a visão altruística de como um santuário deveria ser, mas, também, guiado por todos os elefantes que marcaram o passado de Scott e Kat Blais, que os ensinaram e permitiram fazer parte de suas vidas, mostrando-lhes o que é necessário para a cura de seus traumas, mais sombrios e tristes.

Scott e Kat Blais, com décadas de experiência no Global Sanctuary for Elephants, deixaram os Estados Unidos para juntos, seguirem seus sonhos e dirigirem o projeto piloto aqui no Brasil:

“Tudo o que queríamos era oferecer aos elefantes, em outra parte do mundo, os mesmos processos de cura física e emocional, testemunhados no Santuário, nos Estados Unidos”.

O Santuário, o primeiro e único Santuário para elefantes certificado na América do Sul, é a opção mais  segura para elefantes resgatados do cativeiro.

Em outubro de 2016,  o Santuário de Elefantes Brasil se tornou realidade com o resgate de nossas duas primeiras elefantes fêmeas – Maia e Guida. Rana foi resgatada em 2018, em 2019 chegaram Ramba e Lady, e em maio de 2020, no meio da pandemia, Mara se tornou o mais novo membro da pequena manada do SEB.  O progresso atual mostra que avançamos muito, mas ainda há muito trabalho a ser feito.

Há mais elefantes esperando por uma chance e para iniciarem suas jornadas de cura, como as que Maia, Guida, Rana, Ramba e Lady e Mara  fizeram. O Santuário de Elefantes Brasil pode oferecer a  experiência e o conhecimento, mas precisamos do seu apoio para tornar o santuário uma realidade para outros elefantes em cativeiro.

Juntos, somos parte da solução para elefantes em cativeiro. Estamos muito gratos a você por dar a esses elefantes a segunda chance que eles merecem e da qual precisam desesperadamente.


Comments are closed.

Back to Top ↑
  • Twitter


  • Facebook