Intercâmbio Off Mostra de Teatro de Grupo de Vitória/ES

por Nieve Matos e Luiz Carlos Cardoso

OFF – Mostra de teatro de grupo do Espírito Santo, em sua 6ª edição, apresenta, em intercâmbio com a SATYRIANAS, espetáculos e experimentos cênicos produzidos por artistas capixabas, gravados antes e durante a pandemia. Traz, também, trabalhos produzidos pelos alunos do curso de teatro da Escola Técnica Municipal – Fafi, de Vitória/ES. O intercâmbio OFF é uma produção da Repertório Artes Cênicas e Cia. e Companhia do Outro.

QUINTA- FEIRA, DIA 02 DE DEZEMBRO

18h – Poesia par quê? (Teatro Adulto) – O espetáculo online “Poesia Pra Quê?” amarra a poesia de poetas capixabas a diversos nomes da poesia nacional em uma dramaturgia contínua onde não se sabe qual é de um e qual é de outro. O espetáculo explora a linguagem audiovisual, para propor imagens que direcionam o olhar do público sobre o “ouvir poesias” e como as imagens propostas podem contribuir para este novo imaginário. Com toques de ironia levantamos a questão do “por que escrever?”, e as ramificações deste pensamento, sem efetivamente buscar responder tais perguntas, buscamos estimular nosso público a refletir sobre elas. (30 min – ES). Direção: Brenda Perim e Marco Antonio Reis. Elenco: Amanda Malta, Brenda Perim, Leonardo Dariva, Luan Tofano e Marco Antônio Reis. Iluminação: Cia. Nós de Teatro. Dramaturgia: Brenda Perim e Marco Antonio Reis. Figurino: Cia. Nós de Teatro. Cenário: Cia. Nós de Teatro. Outros: Trilha sonora: Luan Tófano. Onde: YouTube. 

Link: www.youtube.com/OsSatyrosCiadeTeatro

20h – Oración (Teatro Adutlto) – Em Oración, um casal que mata seu filho como forma de passatempo decide ser bom. Não que seja levado a isso pelo arrependimento, mas por perceber que sua diversão durou apenas um momento, enquanto a bondade pode levá-lo ao paraíso, onde a diversão será eterna. Para conseguir seu objetivo, adotam a Bíblia como guia e, passando por vários trechos do livro, examinam qual deve ser sua conduta daí em diante. (45 – min – ES). Direção: Nieve Matos. Elenco: Nicolas Corres Lopes, Roberta Portella e Waltair de Souza Jr. Iluminação: Carla van den Bergen. Dramaturgia: Fernando Arrabal (Tradução: Wilson Coelho). Figurino: Antônio Apolinário. Cenário: Antônio Apolinário. Outros: Orientação de processo criativo: Tato Criação Cênica, Música cênica: Deivyd Martins. Onde: YouTube. 

Link: www.youtube.com/OsSatyrosCiadeTeatro

22h – Ateliê fracasso ou você é tão especial a ponto de todas as mazelas do mundo caírem sobre sua vida (Teatro Adulto) –  O monólogo protagoniza a mulher que escolhe todas as noites para continuar viva num contexto de abandono e violências. Expondo diferentes táticas de sobrevivência, conscientes e inconscientes, desse feminino que insiste em permanecer. A trama traça um paralelo entre este feminino e a arte, que resistem mesmo em solo infértil e tempos hostis. A peça emerge de temas delicados, como: as perdas, os traumas, a solidão imposta e a busca constante pela lucidez.(30 – mim – ES). Direção: Bárbara Depiantti Elenco: Bárbara Depiantti. Iluminação: Bárbara Depiantti. Dramaturgia: Bárbara Depiantti. Figurino: Bárbara Depiantti. Cenário: Bárbara Depiantti.Onde: YouTube. 

Link: www.youtube.com/OsSatyrosCiadeTeatro

SEXTA-FEIRA, DIA 03 DE DEZEMBRO

18h – Seu texto, meu corpo (Teatro Adulto) –  Série de 15 vídeos-exercícios cênicos, experimentos sem pretensões ou acabamentos, que resultaram, em sua maioria, da primeira ideia e primeira vontade de fazer algo a partir de cada escrita. (1h15 – min – ES). Direção: Patricia Galleto. Elenco: Patricia Galleto. Iluminação: Patricia Galleto. Dramaturgia: Patricia Galleto. Figurino: Patricia Galleto. Cenário: Patricia Galleto. Outros: Trilha sonora: Esteban Bisio. Onde: YouTube. 

Link: www.youtube.com/OsSatyrosCiadeTeatro

20h – Em casa, em cena, em Cachoeiro (Teatro adulto) – Série de 10 vídeos curtos com leitura on e off de textos cachoeirenses. Os textos foram sugeridos pelo público através de uma chamada virtual. Nos canais sociais, poetas, escritores e simpatizantes da palavra puderam compartilhar poesias, contos, textos autorais, depoimentos e trechos de crônicas e romances.Todos os vídeos foram criados e gravados nas casas do elenco do Grupo Anônimos de Teatro, experimentando objetos, iluminação e sonoplastia disponíveis em seu ambiente residencial a favor de uma criação cênica. Assim, sugerem-se propostas estéticas para cada texto, dando vida aos escritos e possibilidades de criação aos trabalhos. Em isolamento, criando e efetivando o fazer cênico em continuidade, quando tudo estava parado em estado de pandemia. (50 – min – ES). Direção: Luiz Carlos Cardoso. Elenco: Luiz Carlos Cardoso, João de Paula Junior e Alessandra Biato. Iluminação: Grupo Anônimos de Teatro. Dramaturgia: Grupo Anônimos de Teatro. Figurino: Grupo Anônimos de Teatro.Cenário: Grupo Anônimos de Teatro. Onde: YouTube. 

Link: www.youtube.com/OsSatyrosCiadeTeatro

22h – Viajante (Teatro Adulto) – Uma mulher costura pássaros de pano na praça de sua cidade enquanto espera. Um pai despede-se do filho que parte na porta da sala de embarque de um aeroporto. No interior de um táxi, um homem especula sobre quando foi que perdeu o fio da meada de sua própria; um artista de rua, desses que ficam nos sinais de trânsito das cidades grandes, conta como foi que deixou de esperar pelo porvir. Entre todos eles, apenas um ponto em comum: um viajante que, ao longo de suas andanças, cruza seu caminho com cada um deles e reúne, em si, suas histórias. No espetáculo solo, o ator dá voz ao viajante, que dá voz aos personagens com quem se encontrou, que dão voz às próprias histórias. E enquanto todas essas histórias vão sendo construídas, constrói-se também o encontro com o público e a noção de que é de encontros que nossas histórias são feitas. (50 – min – ES). Direção: Fernando Marques. Elenco: Luiz Carlos Cardoso. Iluminação: Carla van den Bergen. Dramaturgia: Fernando Marques. Figurino: Fernando Marques. Cenário: Fernando Marques. Onde: YouTube. 

Link: www.youtube.com/OsSatyrosCiadeTeatro

23h59  –  Estrela de Cimento (Teatro Adulto) – Jovem foi morta e concretada aos 17 anos por um pedreiro na construção onde ele trabalhava. Dias antes de sua morte pediu ajuda de sua mãe para sair das ruas, a moça foi morar na rua após perder o filho e entrar em depressão. (10 – min – ES). Direção: Nieve Matos, Elenco: Thaynara Bromenchenkel, Iluminação: Thaynara Bromenchenkel, Dramaturgia: Érica Carneiro, Figurino: Thaynara Bromenchenkel, Cenário: Thaynara Bromenchenkel. Onde: YouTube. 

Link: www.youtube.com/OsSatyrosCiadeTeatro

SÁBADO, DIA 04 DE DEZEMBRO

20h  –  Corpófera (Teatro Adulto) – Interpretado por Érica Ortolan, a obra propõe uma reflexão para os mais diversos desconfortos que as mulheres são levadas a sentir em relação à natureza de seus corpos. Com a estética como ponto central e com referência aos ciclos femininos da vida, uma dramaturgia corporal é costurada como resgate, despertar e conscientização da emancipação corporal feminina. (30 – min – ES). Direção: Patricia Miranda e Eliane Miranda. Elenco: Érica Ortolan, Iluminação: Daniel Boone, Dramaturgia: Eliane Miranda, Figurino: Thila Paixão, Cenário: Thila Paixão, Outros: Direção Musical e trilha sonora – Dori Sant’Ana. Onde: YouTube.

 Link: www.youtube.com/OsSatyrosCiadeTeatro

22h  –  Las Líneas (Teatro Adulto) – Indagação física-poética sobre os vínculos entre uma mulher e os territórios que ela ocupa, suas memorias e seus rastros. Uma história de caminhos e espaços tecidos entre um corpo e as linhas ao seu redor. (30 – min – ES). Direção: Ivna Messina, Elenco: Lucía Reizner, Iluminação: Daniel Boone, Dramaturgia: Lucía Reizner, Figurino: Thila Paixão, Cenário: Thila Paixão. Onde: YouTube. 

Link: www.youtube.com/OsSatyrosCiadeTeatro

DOMINGO, 05 DE DEZEMBRO

18h – Quando eu era fofo (Teatro Adulto) – Este trabalho é parte do conjunto de avaliações do terceiro módulo do Curso de Teatro da Escola Técnica Municipal de Teatro, Dança e Música – FAFI. Partir em quatro para lhe deixar ver. Retirar do corpo o peso. Respirar. É teatro? A partir dos disparadores do Teatro Épico de Bertolt Brecht, em cena se concebeu a ditadura da beleza, O corpo gordo e a briga constante com “o que é ser bonito?”. Um universo ainda de mutilação instantânea natural e inconsciente. (28:47 – min – ES). Orientação de Processo: Nieve Matos. Preparação Vocal: Priscila Reis, Preparação Corporal: Roberta Portela, Outros: Produzido no período pandêmico, em isolamento social. Onde: YouTube.

Link: www.youtube.com/OsSatyrosCiadeTeatro

19h30 – Galileu, Brecht e Eu (Teatro Adulto) – Em meio a pandemia mundial da Covid-19 o ator e de uma onda obscurantista e negacionista o ator, dialogando com Bertold Brecht, conta a história de Galileu Galilei, conhecido como o Pai da Ciência Moderna. (13:55 – mim – ES). Direção: Nieve Matos, Elenco: Antonio Marx, Iluminação: Antonio Marx, Dramaturgia: livremente inspirado em “Galileu Galilei” de Bertold Brecht, Figurino: Marcelo Braga, Cenário: Antonio Marx. Onde: YouTube. 

Link: www.youtube.com/OsSatyrosCiadeTeatro

20h – Colônia é aqui (Teatro Adulto) – O exercício cênico COLÔNIA É AQUI, é inspirado na dramaturgia homônima da dramaturga Priscilla Gomes e no livro Holoclausto brasileiro, de Daniela Arbex e no documentário Em nome da razão, de Helvécio Ratton.O exercício propõe uma viagem ao tenebroso universo do manicômio Hospital Colônia de Barbacena, em MG. As personagens e os rascunhos que desfilam na tela são baseados em pessoas reais,  que por não atenderem a um ideal de “normalidade” imposto pela sociedade, foram mandadas para o “depósito de enjeitados” que se tornou o hospital Colônia. Foram quase 80 anos de violação de direitos, trabalho escravo, fome, frio, tortura.80 anos de estupros, adoções ilegais, tráfico de corpos e práticas tão volentas que fazem até o indivíduo mais lúcido se desconectar da sua humanidade. O espetáculo também é um lembrete de que o “passado é émula do tempo”, por isso deve ser revisitado criticamente, principalmente em tempos tão sombrios, em que políticas genocidas e higienistas estão sendo recuperadas e pondo em risco os corpos que não se enquadram dentro do que é posto como ideal. (14:16 – min – ES). Onde: YouTube.Link: www.youtube.com/OsSatyrosCiadeTeatro


Comments are closed.

Back to Top ↑
  • Twitter


  • Facebook