Imprensa

ASSESSORIA DE IMPRENSA: JSPONTES COMUNICAÇÃO – João Pontes e Stella Stephany

Festival Satyrianas chega à sua 21ª edição com o tema

“Satyrianas 2020 – pra não dizer que não falaremos das flores”

– de 03 a 06 de dezembro –

https://www.satyrianas.com.br

São mais de 400 atrações em 78 horas ininterruptas de programação totalmente gratuita: mais de 100 espetáculos teatrais nacionais e internacionais, 30 textos dramatúrgicos inéditos, mais de 70 filmes, 30 performances, 20 espetáculos de dança, 10 lançamentos de livros, entre outras atrações de audiovisual, performances, podcasts, show de variedades, música, fotografia, poesia, encontros, debates e lives.

Atrações de 22 estados brasileiros e 14 países – Espanha, Uruguai, Cabo Verde, Alemanha, Suécia, Portugal, Estados Unidos, Nigéria, África do Sul, Zimbabwe, Senegal, Inglaterra, Rússia e Finlândia.

Neste ano em que a cia Os Satyros celebra 20 anos de ocupação da Praça Roosevelt, a programação será apresentada on-line, em plataformas digitais como Zoom, YouTube, Facebook, Instagram, Twitter, Whatsapp e TikTok.

A cia Os Satyros, uma das mais antigas e importantes em São Paulo, já produziu em 31 anos mais de 100 espetáculos, se apresentou em 27 países e ganhou mais de 100 prêmios – incluindo os maiores do teatro brasileiro, como APCA, Shell, Mambembe, APETESP e Governador do Estado de São Paulo.

Satyrianas, festival produzido pela cia Os Satyros que já ocupa o calendário paulistano há 11 anos, desta vez se abre para um público sem fronteiras em sua primeira edição digital. O tema escolhido, depois de um ano desafiador em que enfrentamos uma crise planetária, é “Satyrianas 2020 – pra não dizer que não falaremos das flores”.

O Festival reunirá por cerca de 400 atrações, entre as mais diversas formas de expressão artística, artistas brasileiros de São Paulo, Rio de Janeiro, Rio Grande do Sul, Ceará, Bahia, Amazonas, Tocantins, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Paraná, Natal, Pernambuco, Minas Gerais, Espírito Santo, Goiás, Santa Catarina, Brasília, Rio Grande do Norte, Paraíba, Sergipe, Alagoas e Maranhão. 

Da programação internacional participam Espanha, Uruguai, Cabo Verde, Alemanha, Suécia, Portugal, Estados Unidos, Nigéria, África do Sul, Zimbabwe, Senegal, Inglaterra, Rússia e Finlândia.

Os Satyros foram pioneiros e responsáveis pela revitalização da Praça Roosevelt, no centro de São Paulo, para onde se mudaram há 20 anos atrás, seguidos posteriormente por outros grupos teatrais. Esta 21ª edição comemora o feito, que transformou completamente toda uma região, reintegrando e devolvendo à cidade um espaço hoje conhecido como um dos mais democráticos pontos de efervescência e troca cultural na capital paulistana.

Anualmente, ao longo de duas décadas, cerca de 2.500 artistas e 500 eventos vem sendo apresentados nas Satyrianas, reunindo cerca de 50.000 espectadores nos anos mais recentes.

Nesta edição de 2020, devido à pandemia do coronavírus, o festival migra para a plataforma virtual, passando a ser ao mesmo tempo anfitrião e visitante, uma vez que, além de receber a todos, irá até a casa de cada um. 

Vivemos tempos quase insuportáveis, de dor e ódio, tanto na nossa aldeia quanto no planeta. Mais do que nunca, precisamos fazer da nossa arte uma luz de esperança para o futuro.”, afirma Rodolfo García Vázquez, diretor e cofundador da companhia, que já existe há 31 anos.

Back to Top ↑
  • Twitter


  • Facebook