DançaMix



SEXTA, 04 DE DEZEMBRO

19h30 – PLEDGE FUNDS ou como ela está agora é de cortar o coração –  Somos um constante fracasso e nossas experiências não têm qualidade para compor um post. Mas ainda assim, sobre a floresta um dragão lilás abana a cauda; uma fênix ressurge das cinzas nos corredores de um templo para dizer que sim, você pode! Uma morte lenta e dolorosa por afogamento em poças superficiais; um convite ao mergulho nas águas mais rasas. (50 min). Atuação: Katharina Câmara e Willy Caldas. Onde: Zoom/Sympla.

Link:https://www.sympla.com.br/pledge-funds-ou-como-ela-esta-agora-e-de-cortar-o-coracao__1069294. 14 anos.



SÁBADO, 05 DE DEZEMBRO

15h00 – POESIA NA JANELA –  Ação poético-cênica interpretada por Sueli Guerra a partir das sensações que o isolamento social a trouxe durante a pandemia que ocorreu no ano de 2020. Este trabalho conta com textos de Daniel Chagas, Marcio Azevedo e da própria atriz-bailarina. Com interpretação e criação musical de Sidney Herszage e participação de Rodrigo Russano, edição e identidade visual de Lucas Leal, POESIA NA JANELA é a dança em testamento deste tempo. É para sempre, mas será eternamente 2020 na cidade do Rio de Janeiro. (22 min). Atuação: Sueli Guerra. Onde: YouTube/Sympla.

Link: https://youtu.be/kIzCrMGT1ZA. Livre.

22h00 – SE TE FAZ FELZ – O SOLO DO PEIXINHO – Essa dança surgiu a partir da interação do corpo com um objeto, o peixinho, que disparou conexões com memórias outras, de caráter afetivo. A cena resulta da reinvenção dessas memórias e da redisposição delas entre si. O solo originalmente feito para uma sala cênica promove agora o desconfinamento parcial de histórias que um dia eu guardei pra mim, criando novos sentidos. (14 min). Atuação: Katharina Câmara. Onde: Zoom/Sympla.

Link: https://www.sympla.com.br/se-te-faz-feliz—o-solo-do-peixinho__1069297. 14 anos.



DOMINGO, 06 DE DEZEMBRO

00h30 – 17 DE MARÇO DE 2020 E BRIGADEIROS –  “17 de março de 2020 e brigadeiros” – cinco meses de distanciamento social, o que temos agora são pequenos quadros, um começo… Dançar como? Dançar junto como? Descobertas e Encontros. Tudo pelo corpo que se tem, pele, casa, lugar, luz, músicas, objetos e diálogos. Uma experiência acionada pelos interpretes, para fazer uma dança das leituras e dos improvisos provocados pelas lembranças do ultimo encontro presencial no dia 17 de março de 2020. (25 min). Atuação: Clodoaldo Arruda, Márcia Ferreira, Vitor Ossuna. Onde: Zoom/Sympla.

Link: https://www.sympla.com.br/17-de-marco-de-2020-e-brigadeiros__1067447. 14 anos.

17h30 – ÚTERO SUBSTANTIVO MASCULINO –  Útero Substantivo Masculino, provoca reflexões sobre o “corpo-mulher”, confronta lugares pré-definidos e sistematizados por homens em um mundo patriarcal. É uma tessitura polifônica onde a dança, o improviso cênico, a música e a poesia aproximam-se e compõem um mapeamento híbrido, profundo e provocativo do corpo feminino. (30 min). Atuação: Ivy Calejon, Bruna Camargo, Sofia Etchegaray e Vivian Trivelin. Onde: Zoom/Sympla.

Link: https://www.sympla.com.br/utero-substantivo-masculino__1067519  16 anos.

18h00 – DANÇA DO VENTRE –  Apresentação de dança do ventre solo e dupla. (20 min). Atuação: Chris Carvalho e Daiana Carvalho. Onde: Instagram/Sympla.

Link: https://www.instagram.com/christiane.fcarvalho/. Livre.

19h00 – ESTA NÃO É UMA DANÇA – ISTO NÃO É UM HOMEM – No topo do prédio dos seus desejos, um desejo. Saltar sem redes de proteção. Este salto poderá se repetir em infinitas possibilidades, até que algo o faça parar, a vontade, o corpo, o tempo. (20 min). Atuação: Fabrício Pietro. Onde: Instagram/YouTube/Facebook/Sympla.

Link:https://www.facebook.com/fabriciopietro/https://www.youtube.com/user/fabriciopietro / @fabriciopietro. Livre.

19h30 – TESTE –  “TESTE” é uma experimentação em dança elaborada durante o período de quarentena – início de 2020 – . A obra surge a partir de um corpo que está basicamente 24h em casa, um corpo que exerce um tipo de contato com outros corpos / um tipo de sociabilidade e de presença que se dá a partir de plataformas, de redes, de aplicativos que possibilitam o contato virtual… Essa experimentação emerge como uma mini-peça mostrada / performada ao vivo através de plataformas digitais e redes sociais. “TESTE” é literalmente um teste sobre o estado deste corpo (da autora) no período abordado e suas possíveis reverberações artísticas. Na mostra Satyrianas , “TESTE” recebe algumas revisitações que atualizam o corpo em seu contexto presente. (30 min). Atuação: Rebeca Tadiello. Onde: Zoom/Sympla.

Link: https://www.sympla.com.br/teste__1067524. Livre.


Comments are closed.

Back to Top ↑
  • Twitter


  • Facebook