Bate-papos e Lives

SÁBADO, 04 DE DEZEMBRO

18H – “Sociedade e o autocuidado contra as IST’s” (Satyritrans) –  Live SP transvisão da SP Escola de Teatro convida Mirian Leitão e Jeniffer Alves  para falar sobre prevenção,  vamos debater sobre a importância da prevenção e a luta contra o HIV, falar dos medicamentos usados, preservativos e sua evolução na medicina, e outros assuntos relacionados. Mediação: Márcia Dailyn, Milena Wanzeller, Flávia Araújo e Ingrid Soares. Onde: YouTube.

Link: www.youtube.com/spescoladeteatro

22h – Bate-papo com a Cia do Martelo sobre a reestreia de “O Banheiro”, espetáculo musicado c/ temática LGBTQIA+ – O bate-papo vai apresentar a companhia, o espetáculo e as questões abordadas no mesmo, como os problemas enfrentados pela comunidade LGBTQIA+ no convívio social em espaços públicos. (50 min – SP). Participação: Brunno Dmitri (dramaturgo), Filipe Lima (diretor geral) e elenco. Mediação: Dan Ricca (diretor musical). Onde: Instagram. 18 anos.

Link: https://instagram.com/martelocompanhia?utm_medium=copy_link

DOMINGO, DIA 05 DE DEZEMBRO

12h – Teste & Trate – Um diagnóstico não te define (Satyritrans) – O Instituto Cultural Barong fundado em 1996, utiliza-se da sua unidade móvel, van consultório, para ofertar testagem extramuros para as sorologias de HIV, HCV, HBC, Sífilis e COVID-19. Sua equipe multidisciplinar realizam aconselhamentos, pronto-atendimento psicológico, encaminhamentos para os serviços de saúde e esclarecem dúvidas sobre saúde sexual; direitos humanos, prevenção combinada, assistência social e jurídica exercendo a cidadania e a inclusão na comunidade. 1º de Dezembro Dia Mundial de Luta Contra Aids. Onde: Praça Roosevelt.

00h30 Vamos celebrar a vida! Show de variedades (Satyritrans) – SATYRITRANS primeira edição convida as pioneiras, artistas travestis e transexuais do Brasil. “Onde um espaço, um palco, é ocupado por travestis e transexuais já há resistência. Vamos celebrar o velho e o novo corpo, e corpas. Um show, um espetáculo de dança, poesia, e muita emoção. Meu corpo trans. Meu corpo transcende. Meu corpo é resistência!”.  Idealização Márcia Dailyn. Onde: SP Escola de Teatro – Unidade Roosevelt – Sala Hilda Hilst (8º andar).


Comments are closed.

Back to Top ↑
  • Twitter


  • Facebook